Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)

Com o passar dos anos o corpo humano fica mais frágil no que diz respeito ao desenvolvimento de doenças, e na visão isto não é diferente. Um dos problemas mais reincidentes em pessoas com mais de 50 anos está a degeneração macular, que é caracterizada na deficiência para enxergar detalhes que pode se desenvolver pela degeneração da mácula.

A mácula está localizada na área central da retina, permitindo com que detalhes sejam enxergados pelo indivíduo por conta dos fotorreceptores, células que são responsáveis por transformar a luz do campo visual em impulsos elétricos dos quais são enviados ao sistema nervoso central por via do nervo ótico e, com isso, reproduzem a imagem.

Na degeneração macular, as células fotorreceptoras são afetadas pelo acúmulo de restos celulares na região da mácula, criando pequenos cristais que provocam o surgimento de vasos sanguíneos, danificando a retina e a mácula.

Tipos da DMRI

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)A degeneração macular pode ser dividida em dois tipos, sendo eles:

Degeneração seca: a causa mais comum de DMRI e está atrelada com o desgaste macular por conta da idade. Neste tipo, ocorre o acúmulo celular na região da mácula, afetando a visão e os impulsos elétricos enviados ao sistema nervoso central que permite a reprodução da imagem;

Degeneração úmida: diferente do primeiro tipo, a degeneração úmida ocorre pela formação de vasos sanguíneos abaixo da retina causando um derramamento de sangue destes vasos e afetando a visão.

Sintomas

Como já citado, a perda de visão é o principal sintoma e consequência da doença que não apresenta sinais logo de início, apenas quando o quadro se evolui. Antes da perda total da visão a degeneração apresenta sinais de borrões na vista, dificuldade para ler e distorção da visão.

Causas

Dentre as causas para desenvolver a degeneração macular ao atingir a terceira estão a obesidade, hipertensão, longos períodos dos olhos à exposição solar e a hereditariedade são os fatores que influenciam no desenvolvimento da doença.

Tratamento

O tratamento contra a degeneração macular passa pela mudança de hábitos que podem ser prejudiciais e que aumentam a predisposição à doença como uma melhor alimentação visando prevenir contra a hipertensão, abolir o tabagismo e utilizar óculos de sol em situações onde existe a longa exposição sob raios ultravioleta.

Como tratamento oftalmológico, a terapia fotodinâmica utilização de injeções venosas para inibir os vasos formados na mácula para serem eliminados por via laser. Outro tratamento utilizado é a injeção intraocular, que consiste em evitar um maior desenvolvimento dos vasos sanguíneos na mácula.

Agende sua consulta com a Clínica Oftalmed. Temos unidades em São Caetano do Sul e Santo André em São Paulo, além de Extrema em Minas Gerais. Telefones: (11) 4224-6615 e (35) 3435-2655. Whatsapp: (11) 94385-7011.



WhatsApp chat