Hipermetropia

Você sabe o que é Hipermetropia?

Clínica Oftalmed - Separador

O nome hipermetropia que para muitos soa estranho e até mesmo complicado é o que designa um problema de refração, ou seja, é um problema de visão que popularmente é conhecido como dificuldade de enxergar de perto.

 

A hipermetropia é caracterizada por uma dificuldade de distinguir o que se vê quando o objeto está muito perto dos olhos e geralmente quem não apresenta o problema durante a juventude passa a percebê-lo após os 45 anos.

Sintomas e Tratamento da Hipermetropia

Clínica Oftalmed - Separador

Além da dificuldade de enxergar objetos que estão muito próximos aos olhos, a pessoa que sofre de hipermetropia apresenta alguns outros sintomas, entre eles:

 

  • Embaçamento da visão tanto para enxergar itens que estão perto quanto os que estão longe;
  • Dor nos olhos;
  • Ardor;
  • Dor de cabeça;
  • Náuseas;

 

HipermetropiaSe você percebe algum desses sintomas é hora de procurar ajuda médica! Marcando o oftalmologista o ideal é que você anote quais sintomas sente, com que frequência e desde quando eles começaram a incomodar, para que você possa conversar com o médico oferecendo dados mais precisos para o diagnóstico.

 

Durante sua consulta o médico irá avaliar a saúde de seus olhos, bem como irá avaliar qual grau será necessário para corrigir sua hipermetropia.

 

Para o tratamento da hipermetropia será indicado o uso de lentes de contato ou de óculos de grau para que você possa enxergar como deve. E é recomendado que o paciente volte ao médico no mínimo uma vez ao ano para reavaliação do grau de correção da hipermetropia.

 

É importante entender que a hipermetropia não é uma doença que exista uma prevenção, porque ela é muito mais relacionada às questões anatômicas que são genéticas, do que a alguma questão relacionada aos hábitos e qualidade de vida.

 

Por isso, é essencial ficar atento às reclamações de seus filhos com relação a dificuldade de enxergar algo e visitar um oftalmologista sempre que for viável visando justamente detectar qualquer possível alteração o mais precocemente possível, para que o tratamento seja ainda mais eficaz.

Temos uma equipe completa pronta para te atender.

Existe Cura para a Hipermetropia?

Clínica Oftalmed - Separador

A hipermetropia é uma condição da anatomia do olho e por isso, não é sempre que a cirurgia refrativa será a solução para a correção do problema, podendo ser parte do tratamento para diminuição do grau que você precisará usar nos óculos ou lentes.

 

É importante entender que é possível viver bem mesmo com hipermetropia e que você precisará de óculos ou lentes que devem ser usados durante sua adolescência para que esse tratamento te ajude a ter o grau estabilizado em torno dos seus 23 anos de idade.

 

HipermetropiaNessa idade o médico oftalmologista que te acompanha poderá avaliar como está a saúde dos seus olhos e se de fato você é indicado para a cirurgia refrativa.

 

Caso a cirurgia seja capaz de resolver a sua hipermetropia você provavelmente ficará muitos anos sem a dependência do uso de óculos, no entanto, é preciso avaliar bem a indicação médica e caso a cirurgia apenas diminua o problema sem saná-lo a decisão caberá a você.

 

É sempre interessante que o paciente espere atingir a idade de 23 anos para que possa tomar essa decisão pautada em exames sobre seus olhos.

 

Antes dos 23 anos a anatomia dos olhos ainda está em formação e os exames não são conclusivos justamente porque no ano seguinte pode ser que a anatomia daquele olho examinado esteja muito diferente.

 

Por isso, as cirurgias refrativas só são recomendadas para pessoas acima dessa idade, quando o olho já está completamente formado e com uma menor incidência de alterações em sua anatomia.

Complicações da Hipermetropia

Clínica Oftalmed - Separador

Quando não é corretamente tratada a hipermetropia pode causar o surgimento de estrabismo, que é um desvio do olho que precisa se tratado com o uso de tampão.

 

Caso esse desvio seja ignorado é provável que o olho afetado passe a sofrer da diminuição da visão desse olho que ficou fora do seu eixo natural, o que diminui consideravelmente a qualidade de vida do paciente.

 

HipermetropiaPor isso, é muito importante que caso o seu filho seja diagnosticado com o problema ele realmente use o tampão indicado pelo oftalmologista mesmo que no início seja uma adaptação difícil ao tratamento.

 

É indicado inclusive que você procure por tampões que sejam mais lúdicos e agradáveis para que a criança não rejeite o tratamento, uma vez que ele é essencial para a qualidade de vida, garantindo que o problema não afete a capacidade do seu filho de enxergar.

 

Agora que você já sabe o que é hipermetropia e como conviver com ela, agende sua conosco caso você esteja com algum sintoma dos que foram relacionados anteriormente.

 

Afinal, a saúde dos seus olhos é muito importante e você deve ter todos os cuidados possíveis para preservá-la, assim, você poderá ter sua qualidade de vida preservada e observar o mundo com a melhor visão possível!

Agende sua consulta conosco e veja o mundo com a melhor visão possível.

WhatsApp chat